Kona Race Recap – Mens

Há anos não temos uma prova tão animada, a edição de 2017 fez lembrar Luc Van Lierde em 1996 quando correu para 2:39 (tempo oficial com penalty 2:42) e buscou Thomas Hellriegel sofrendo com cãimbras na parte final da corrida e estabeleceu o novo recorde ou o duelo de Chris Mccormack e Andreas Raelert no mesmo ponto onde Lionel Sanders sucumbiu a um voador Patrick Lange.

A prova

A natação começou animada, com Josh Arbenger saltando na frente com menos de 200 mts e saindo sozinho quase batendo o recorde.

Logo atrás um grupo 32 contenders inclusive os brasileiros. e 5-6 minutos atrás os Uber Bikers: Cameron Wurf, Lionel Sanders e Sebastian Kienle.

Estranhamente, Frodeno, Van Lierde e Tim O´Donnel não tentavam escapar do grupo e ficaram aguardando a chegada do trio, o que aconteceu em Hawi.

Dai em diante, um serie de ataques até que Wurf entrou sozinho, pouco a frente de Kienle e SAnders e assim quebrou o recorde de 11 anos de Norman Stadler por 5 minutos.

A corrida parecia que veríamos muitas disputas na frente, mas vimos um Sanders correndo de forma bizonha, porem rápida, segurando Kienle que corria 2:30 atrás com forma perfeita e o field que parecia inteiro para correr.

Mao ao invés disso vimos Kienle cansar, Ben hoffman quebrar e diversos atleta que pedalaram 10 ou mais minutos pior, virem de tras voando.

Assim veio Patrick Lange, correndo de boca fechada e mecânica perfeita, lembrando muito Mirinda Carfrae em suas vitórias.

Ao passar por Sanders, não mudou ritmo ou expressão, enquanto Sanders agonizava, trincava os dentes e mostrava que estava dando 100% do que tinha.

Ao fim Lange quebrou o recorde e chegou com cara de que não deu tudo enquanto todo o field chegava aos trancos e barrancos.

lange_2

Um pouco mais atrás nossos atletas brasileiros Thiag Vinhal e Igor Amorelli chegavam juntos, dando um show para torcida e colhendo um excelente 13º e 14º lugar.

1. Patrick Lange (GER) 8:01:40
2. Lionel Sanders (CAN) 8:04:07
3. David McNamee (GBR) 8:07:11
4. Sebastian Kienle (GER) 8:09:59
5. James Cunnama 8:11:24 (ZAF) 8:09:59
6. Terenzo Bozzone 8:13:06 (NZL) 8:09:59
7. Andy Potts 8:14:43 (USA) 8:09:59
8. Patrik Nilsson 8:18:21 (SWE) 8:09:59
9. Ben Hoffman 8:19:26 (USA) 8:09:59
10. Boris Stein 8:22:24 (GER) 8:09:59
11. Ivan Rana 8:24:53 (ESP)
12. Bart Aernouts 8:26:28 (BEL)
13. Thiago Vinhal 8:27:24 (BRA)
14. Igor Amorelli 8:27:26 (BRA)
15. Tim Van Berkel 8:28:05 (AUS)

Os comentários estão encerrados.

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: